• Gabriela Mund

Adulto Índigo: Ame

Chegaria um tempo que somente o amor seria capaz de nos fazer continuar.


Chegaria um tempo em que somente o amor curaria.


Chegaria um tempo em que somente o amor... para tudo... somente o amor...

Sim... há mais de 2000 anos Ele veio nos trazer essa mensagem. Uma mensagem bastante clara. Não seria necessário fazer grandes escaladas ao Everest para conseguir vencer-se.


Não seria necessário enfrentar dragões malignos, ou ainda conter vulcões enfurecidos.

Basta que amemos.

Basta o amor. Tudo se resume em amar o próximo como a nós mesmos, assim como o Cristo fez. Sem julgamentos, sem críticas... Essa era a mensagem e agora chega a época da prova final.

Os tempos estão mudando e é preciso amar. É preciso amar-se. E como estamos nos desenvolvendo nessa disciplina da grande escola chamada Vida? Como estamos trabalhando em nós mesmos o amor? Como nos relacionamos com os mais próximos?

Como nos relacionamos com os outros que estão um pouco mais distantes? Como nos relacionamos com aqueles que simplesmente passam por nós na rua?

Ainda somos capazes de julgar seu jeito de ser? De caminhar? De se vestir?

Ainda somos capazes de ver alguém precisando de ajuda e não estender a mão?

É chegado o momento de enfim compreendermos que somente na sutileza do amor, sustentado pela Luz é que poderemos seguir. Infelizmente não há outra forma.

Vivemos muita coisa até aqui, e o amor deve ser o resultado para tudo isso que foi vivido. O amor próprio, assim como o amor ao próximo! Sim... essa era e sempre foi a grande lição do Planeta Terra e de toda a evolução.

Seria uma coincidência muito grande, ou apenas mais uma pequena parábola daquele que falava para aqueles que tivessem ouvidos para ouvir, e olhos para enxergar.

AMEM – seu grande pedido à todos nós!

AMÉM – o final das orações em todas as línguas!

Que possamos amar mais. Julgar menos. Acolher mais. Criticar menos. Perdoar mais e seguir... de cabeça erguida, sabendo que estamos fazendo nosso melhor nesse mundo maravilhoso que nos permite passos muito além daquilo que um dia sonhamos.

EU SOU Gabriela Mund


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo