top of page
  • Gabriela Mund

Adulto Índigo: Aos que despertam


Esses últimos meses foram intensos e muitas pessoas passaram a enxergar o mundo de forma diferente, percebendo que para tudo existe um propósito. Acordando de um sono que durou muito, assim como aconteceu com todos nós.


Se você está despertando agora, sentindo que tudo está diferente, leia essa mensagem, que ela foi escrita para você e essas flores são para você.


Em primeiro lugar, gostaríamos de lhe pedir: calma! Você não está enlouquecendo e o mundo não está todo errado. O mundo está do jeito que sempre foi, e quem mudou foi você. Mas calma, você está no lugar certo, na hora certa. Não se assuste com tudo isso que mudou.


Não... Você não precisa se tornar um terapeuta holístico para se desenvolver, a menos que seu coração sinta isso.

Não... Você não precisa se dedicar a horas de meditação, a menos que seu coração sinta isso.

Não, você não precisa abandonar a sua igreja ou a sua religião, a menos que seu coração sinta.

Não, você não precisa largar o seu emprego, a menos que seu coração sinta.

Não... você não precisa deixar de comer carne, a menos que seu coração sinta.

Não... você não precisa virar vegano, a menos que seu coração sinta.

Não... você não precisa deixar de fumar, a menos que seu coração sinta.

Não... você não é obrigado a nada, a menos que seu coração sinta.


Mas se o seu coração sentir, você precisa fazer as mudanças que ele lhe sugere. Essa parte é fundamental no processo que você entrou.


Sim... com o despertar que aconteceu com você, comigo, e com milhares de outras consciências, um dos pontos mais importantes, é que passamos a “escutar, sentir” mais o nosso coração. Parece que ele nos fala o que é bom ou ruim, não é mesmo?


O seu coração trabalha em conjunto com a sua intuição e com todos os seres que lhe acompanham nessa caminhada na Terra. Na verdade, isso tudo é uma coisa só... e hoje você consegue ouvir e sentir essa conexão.


Não se preocupe com nada! Reserve um tempo para você, alguns minutos, talvez 5 ou 10 por dia no início. Faça uma oração, e fique em silencio, se concentre em você. Pergunte a você mesmo o que é preciso entender? O que é preciso saber? O que é preciso mudar?


Sem dúvida, você vai ouvir... mas se você vai seguir, essa decisão é somente sua. Por favor, faça uma pergunta de cada vez... seja carinhoso com você (risos).


O processo de despertar nos faz sermos muito responsáveis por tudo que fazemos, e por tudo que deixamos de fazer. Você vai perceber isso também. Agora não existe mais o padre, o pastor, o presidente ou dirigente ou ainda o “mestre” para dizer o que você deve fazer, ou ainda se fez certo ou errado. No despertar abrimos a nossa consciência e ela que nos guia.


Por isso é tão importante começar a perceber os detalhes do dia a dia. Você vai perceber que muita coisa começa a acontecer e você precisa prestar atenção nos sinais que a vida lhe traz. Eles podem vir de todos os lugares. Eles estão presentes o dia todo. Eles são a comunicação direta do Universo para nos mostrar o que precisamos enxergar.


E não importa se você está despertando somente agora, no meio desse caos. Tudo estava programado e seria assim.


Despertar não é uma corrida de quem sabe mais. Despertar não é uma competição de que os melhores vencem. Cada um tem um processo e um tempo. E estamos todos dentro... vivendo, cada um, o que precisamos viver.


Na dúvida de como seguir, tome um copo de água, respire fundo e pergunte ao Universo...


E não se surpreenda se Ele lhe responder antes mesmo de você perguntar.


Apenas esteja aberto. Apenas siga o fluxo. Apenas siga o seu coração. Apenas seja você mesmo.


Para aqueles que já estão vivendo o despertar...


Muitos despertaram e hoje buscam ajuda, uma palavra, um “colo”, um abraço, alguém que os diga: “não se preocupe, você não está enlouquecendo, está tudo bem”. Seja gentil, tenha compaixão e empatia...


E hoje esse talvez seja um de nossos propósitos! Despertamos um pouco antes, e com isso já estamos inseridos nesse processo há algum tempo, e isso nos mostra, por termos passado por esse despertar, muitas vezes dolorido, o quanto encontrar alguém que nos compreenda e nos estenda a mão é importante.


E por último... não se esqueçam da parábola da Bíblia, que menciona os trabalhadores da última hora. Todos estamos, da mesma forma, evoluindo e contribuindo para a ascensão de toda a humanidade. Não se ache “atrasado” ou envergonhado, cada um tem um tempo... E esse tempo foi definido por Ele.


O processo não acaba... ele apenas vai ser suavizado de vez em quando. Mas sempre há o que limpar e o que aprender... Siga em frente e não tenha medo! Estamos todos juntos, de mãos dadas, nos unindo sob a luz do amor.


EU SOU Gabriela Mund


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page