top of page
  • Gabriela Mund

Adulto Índigo: Chore

Não estamos mais nos velhos tempos. Um novo momento se apresenta diante de nós, e algumas coisas ainda não estão bem afinadas, e a banda está quase tendo que se apresentar para o espetáculo.


Muita coisa ainda está acontecendo aqui e acolá. Coisarada como disse em outro texto.

Aquele que se dedica a perceber o dia a dia está notando que muita coisa acontece, basta estarmos conscientes no momento presente, no aqui e agora.


Tudo muda e envia sinais o tempo todo. A vida tem sido assim, turbulenta, agitada, mágica e maravilhosa conosco, nos dando todos os caminhos para evoluirmos um pouco mais a cada dia.


Entretanto, muitas vezes, não é assim fácil. Não é tão lindo quanto achamos que deveria ser. Nem indolor. Muitas vezes a coisa complica e é necessário extravasar as emoções. Deixar que a água limpe as dores internas e nos permitir chorar. Não, isso não é um sinal de fraqueza.


Estou falando sobre isso, por que ontem estava em um curso, e em vários momentos questionei, me emocionei, chorei... Em algumas vivências tive vontade de sair correndo, mas deu tudo certo.


E num dos momentos finais, um senhor, com idade por volta dos seus 57-60 anos, me deu um abraço, olhou bem sério para mim e disse: “quando cheguei aqui, achei que você era a mais forte de todos nós!”


Na hora, me impressionei com o comentário e calei. Mas em segundos, voltei para ele e disse: “Por que? Por que eu choro? Vou dizer para o Senhor, que me considero forte por que choro. Apenas os fortes tem coragem de chorar!”


Falei, dei um sorriso gentil, e saí, voltando para o meu lugar.

Aquele comentário não me saiu da cabeça... Ele considera fraco quem chora. Essa deve ser a crença ao qual ele foi conduzido a acreditar desde muito pequeno, o que acabou transformando-o num homem bastante duro. Pela expressão do rosto diria que sofreu bastante, mas pelos olhos, diria que ele é triste!


Permitir-se chorar, permitir-se sentir! Permitir-se viver!!!!


É disso que estou falando! Chorar faz parte da vida. Chorar renova a alma. Limpa as emoções. Chorar alivia a dor. Chorar, seja de tristeza ou de emoção é necessário!


Chorar... simples assim... com uma música, com um filme, com uma cena, com um abraço amigo, com a saudade, com uma despedida... seja lá qual for o motivo... Chorar faz bem...


Chorar faz parte do processo...


Quem nunca derramou uma lágrima, não imagina o quão libertador pode ser...


Temos tempo, temos chance, temos tudo! Chore, pois como disse ali em cima, é preciso ser forte para ter coragem de chorar! É preciso coragem para se expor! É preciso coragem para sentir! É preciso coragem para Ser!


EU SOU Gabriela Mund



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page