• Gabriela Mund

Adulto Índigo: Observe-se

Hoje eu nem queria, mas como sou movida pela paixão e pelas sensações, me senti obrigada a dividir com vocês, com toda a intensidade de emoções que sinto no momento, o que desejo que vocês percebam.


Qual o resultado das emoções que eu sinto, nas coisas do dia a dia, no meu corpo físico?


Bom, de uns dias para cá vivi algumas situações que me deixaram chateada, senti bastante raiva. Raiva de comentários, de brincadeiras sem sentido, de situações que me agrediram muito, pois eram coisas que eu vivi muito tempo e já tinha colocado um ponto final, mas quando percebi estava vivendo isso novamente. Ontem à noite eu estava com muita raiva... resolvi cansar o corpo para não deixar os pensamentos tão livres, já que silenciar e meditar naquele momento era impossível!


Hoje, vivi mais algumas “gotas” daquelas situações que não queria mais, e pronto! Estou cansada, acabada, sem energia, sem ânimo, sem nada! A raiva foi capaz de me “roubar” tudo aquilo que eu tinha de bom em mim.


Toda a paz, a fé, a esperança e até mesmo a gratidão foram deixadas de lado, por que eu dei espaço demais para que a raiva pudesse agir, e assim ela fez! E me sinto com vontade de desistir!


Bom, ninguém é responsável por isso além de mim! Responsável 2 vezes!!! A primeira porque permiti a “entrada” de coisas que não queria mais! Que já havia dado um basta! E a segunda, porque permiti que a raiva se manifestasse, e crescesse de forma que perdi o controle das minhas emoções. Perdi o controle de mim. Me deixei ir... de novo...


E sabe o que me fez perceber isso? Voltei a sentir saudades... Saudades pra mim significa que algo que estava perto se afastou e causou um “vazio”. E esse vazio hoje, sei que é de mim mesma. Quando a saudade aparece, preciso me procurar urgentemente!!!


Sou da opinião que meu corpo e minha vida são um imenso e rico campo de estudo e análise e por isso gosto de me perceber... gosto de observar... gosto de me questionar o que acontece, o que sinto... as causas e as consequências... e assim vou me aprendendo...


A todo momento estamos imersos em emoções e para sabermos o que elas trazem no tempo “depois”, precisamos estar atentos... de repente você está bem e algumas horas depois, não tem força para nada! O que aconteceu? O que sentiu? O que viveu? O que foi responsável por esse “roubo” de energia que aconteceu? Quais as emoções que tomaram conta?


Observar-se, compreender-se, analisar-se com verdade, com vontade, com um olhar carinhoso nos fazem crescer e aprender a lidar com nosso maior inimigo: nós mesmos!!!

Observar-se e compreender-se é fundamental para quem deseja viver um pouco mais de equilíbrio todos os dias. Nesse mundo bastante intenso, esse é um estado que vale mais que ouro!


Você já parou para se analisar? Se olhou com vontade? Com verdade? O que aconteceu ali atrás que te deixou “para baixo”? O que aconteceu que mudou a sua energia? O que foi? Pergunte-se e você receberá a resposta!!!! Observe-se e fortaleça!!! Somente você tem as respostas que precisa para o que acontece no seu corpo... siga os rastros, olha as pistas... tem muita coisa ali... lá... aqui... OBSERVE-SE!!!


EU SOU Gabriela Mund


13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo