• Gabriela Mund

Adulto Índigo: Seja União!


Sem dúvida alguma a vida é um emaranhado de crenças, energias, atitudes e pessoas. Tudo misturado, e no meio de tudo isso, temos ainda um vírus que parece que viaja na velocidade do som e se espalha pelo mundo.


Então é chegada a hora para a qual fomos preparados há tanto tempo. E nessa hora precisamos colocar em prática o que aprendemos em tantas horas de cursos, meditação, orações, livros e leituras a respeito desse momento.


Lembrando:


O foco não se moveu, continuamos sendo nós mesmos e a nossa cura.

O acreditar que existe uma verdade muito além da nossa aqui nesse plano que ainda é muito limitada, diante da grandiosidade de quem vê as coisas de longe.

Amar... amar o próximo com a si mesmo.

Somos Todos Um, mas o trabalho é interno e individual.

Precisamos nos UNIR com alta vibração para ajudarmos o planeta Terra e os seres de Luz que nos auxiliam nessa hora terem força e poder de nos ajudar como desejam e como precisamos.


Nesse momento, em que temos uma visão ainda mais limitada pois estamos dentro de nossas casas, sem podermos fugir daquilo que construímos, precisamos estar unidos.


Não é sobre a política estar certa ou errada. Não é sobre o discurso estar certo ou errado.

Não é sobre a economia quebrar. Não é sobre um vírus. É sobre nós! É sobre transformar conhecimento em sabedoria, através da prática do amor, da união, do respeito.

Não é sobre desejar que o outro caia, para eu estar certo. Não é sobre nada além de nós mesmos! A verdade do outro é do outro. O outro, assim como nós, está vivendo a sua verdade e arcará com as suas atitudes, pois a Lei da Causa e Efeito é para todos.


O outro é uma extensão de mim mesmo, e por isso não pode cair, então o meu papel é sustentar o amor e a Luz, para que todos se elevem, que todos expandam a consciência e encontrem a sua paz.


Não é hora de discursos de ódio ou de rebeldia.


Somos todos UM e como coletivo, precisamos aprender de uma vez o sentido do amor incondicional. O sentido da união! O sentido do respeito!


O foco continua sendo mesmo!


Estamos sendo testados para ver o quanto aprendemos com todas as técnicas que aprendemos nesse tempo anterior a tudo isso. Todos os processos fizeram parte do nosso crescimento para chegarmos aqui. Amor, paz, harmonia, respeito, união...


Somos um coletivo, que se cura a partir da cura individual. Jamais se esqueça disso e da sua responsabilidade nesse processo. Precisamos vencer como coletivo. Precisamos vencer como humanidade. Não há chance de vencer sozinho! Precisamos vencer a nós mesmos e aos nossos julgamentos. Por isso, quando se perceber julgando algo ou alguém, que possui um processo de cura e evolução assim como o seu, está sujeito a erros e tombos assim como os seus, seja capaz de amar...


De julgamentos e condenações o mundo está cheio. Precisamos ser Luz.


Que possamos nos lembrar das palavras amorosas deixadas por esse Mestre:


Senhor, fazei de mim instrumento da vossa paz Onde houver ódio, consenti que eu semeie o amor Onde houver ofensa, que eu leve o perdão Onde houver discórdia, que eu leve a união Onde houver dúvida, que eu leve a fé Onde houver erro, que eu leve a verdade Onde houver desespero, que eu leve a esperança Onde houver tristeza, que eu leve a alegria Onde houver trevas, que eu leve a luz. Ó divino mestre, Fazei que eu não procure tanto ser consolado quanto consolar Ser compreendido quanto compreender E ser amado quanto amar

Pois, é dando que recebemos Perdoando é que somos perdoados E morrendo é que nascemos para a vida eterna.

Glória a Deus nas Alturas E paz na Terra aos homens de boa vontade


EU SOU Gabriela Mund


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo