• Gabriela Mund

Adulto Índigo – Vença o Medo!

Não é novidade para ninguém que a energia do Medo foi aquela que nos comandou até hoje. Uma ótima estratégia de quem conhece muito bem a “alma” humana e sabe de suas fragilidades. Esse sentimento é mais que um sentimento, ele vai além! Ele passou a ser o freio que nos paralisa, a capa que nos esconde, a bússola quebrada que nos aponta sempre o caminho errado, o mais “fácil” e mais “seguro”.


Bom, de uma certa forma, o medo é um sentimento normal, quando usado apenas como um alerta de “atenção!”, mas que não paralisa, não esconde a verdade e nem confunde o caminho, ele é apenas um sinal amarelo, no meio do caminho.


Por isso, não há como eliminá-lo de vez! Mas é preciso colocá-lo no lugar dele, para que ele não ocupe o seu!


Há algum tempo estamos lidando com nossos inúmeros medos: financeiros, emocionais, de relacionamento, entre tantos outros que acabam fazendo da nossa vida, um caos! E muitas vezes ele parece pequeno, tão pequeno no início sem nem percebermos, de repente, ele se transforma num pânico que não existe mais controle.


Há algum tempo venho trabalhando em mim mesma os meus medos, e a cada dia que o processo evolui, a vida me coloca à prova, creio que para ver se aprendi a lição! E ontem foi um dia desses...


Desde pequena, bebê mesmo, minha mãe fala que eu sou ligada na eletricidade, tipo uma luz de emergência, sabe? Acaba a luz, mesmo durante a noite, eu acordo! A luz que estava acesa no quarto era mínima, mas eu acordava, porque sempre tive medo do escuro. Bom... ontem à noite cheguei em casa e meus filhos estavam na casa do pai, e eu estava sozinha.


Por volta das 20:00hs acabou a luz! Black out em parte da cidade e de outras duas cidades vizinhas. E eu estava sozinha! Sem internet, sem telefone, e a antena da operadora de celular também estava fora do ar. Foi um teste de fogo! Eu precisava fazer algumas coisas e por isso, tentei agir como se nada fosse e com o passar dos minutos, o medo foi sendo vencido pela paz que eu trazia de algum lugar que eu não sei bem de onde.


Consegui esquentar água para tomar um banho meio assim... consegui jantar, consegui escrever o que eu precisava e as 22:15 eu deitei na cama, e o que parecia ser impossível, aconteceu! Eu estava sozinha, sem luz, apenas com as velas que acabariam em algumas duas ou três horas, meu celular quase sem bateria, e eu dormi...


Creio que eu tenha passado no teste... E assim eu espero... Vencer aquele momento, sem alterar meu estado foi uma coisa incrível. Algo que sinceramente eu nunca imaginei que fosse capaz. Mas fui... algumas vezes ouvi alguns barulhos, senti um certo medo, mas consegui contornar e voltar para a minha paz.


E assim sigo... lidando com meus medos, ajustando as velas, aprendendo a controlar o emocional e buscando me vencer a cada dia.


Muitas vezes o medo pode parecer pequeno, como o de escuro. Mas se eu não tivesse feito algo por mim, certamente teria entrado em pânico e sei lá como isso poderia acabar... E pior... quais os efeitos desse furacão no meu corpo. Mas eu sobrevivi! Sobrevivi a mais uma prova, a mais um teste que a vida me apresentou! Cá entre nós... foi uma delícia acordar quando a luz voltou e ver que a casa estava quase toda acesa e que eu tinha conseguido!!!


E você? A qual prova você vem sendo colocado nos últimos dias? Como tem reagido? O que acontece quando você percebe que precisa se superar? Você percebe a vida te convidando para crescer nesses momentos?


Nada é por acaso. E a vida é uma linda escola, onde só temos a opção de aprender... Leve o tempo que levar, custe o que custar, doa o que doer...


EU SOU Gabriela Mund




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo