• Gabriela Mund

Diário de Campo - semana 9 - NEI Rio das Ostras

Turma: Jardim

Professoras: Cheila Guedes e Lisley Antonio

Data: 30/06


Planejamento:


Objetivos:

- construir e esculpir

- se sujar e não se incomodar com isso

- modelagem com argila

Brincar com argila é uma ótima forma de aterrar. Começamos falando de coisas boas a respeito do que vivemos e depois transformamos esses bons sentimentos em uma construção de argila.

Trabalhar o elemento terra é muito importante. A argila acalma e nela podemos trabalhar a auto estima sobre aquilo que fazemos e construímos. É uma ferramenta sensível que trabalha de forma única o “fazer”.

Em outra oportunidade a peça de argila pode ser colorida.


Materiais:

- argila (Gabriela)

- papel para forrar as mesas (escola)


Depois da nossa meditação inicial, com reconhecimento dos chakras e energização dos mesmos, a atividade proposta era a construção com argila.

Antes de iniciarmos, era preciso saber o que construir, não é mesmo?


Foi então que falamos nos 4 filhos da Mãe Natureza: terra, agua, fogo e ar. Lembramos que limpamos nossos medos com água ha algumas semanas e como percebemos como a água é importante para nossas vidas.

E hoje era dia de falar da terra. Aquela que acolher as sementes, espera o tempo de Deus, e permite que a semente cresça.

Então, com a argila nós criamos sementes que deixaremos para o futuro. Que semente você gostaria de deixar?


Um pouco mais relaxadas na questão na arte, as professoras já organizaram os alunos para vir com roupas mais velhas para que fosse possível fluir com leveza...


As construções ficaram incríveis. As caretas, as sensações... foi tudo demais!!!!!


Parabéns à todos!!!!


Ao final da vivência com os alunos, as professoras e eu aproveitamos o tempo para discutir alguns assuntos sobre alguns alunos. Esses momentos tem sido ricos para a compreensão de como as famílias e as crianças reagem, assim como as professoras também. Esses momentos tem sido ricos em aprendizados para todas nós. E quem ganha com isso? As crianças são, sem dúvida alguma, as mais privilegiadas.

































0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo